Mosteiro da Santa Cruz

Mosteiro beneditino tradicional em Nova Friburgo/RJ

Nossa fundação na França

Carta aos amigos e benfeitores de N. Sra. de Bellaigue

Setembro de 2001 – Nº 1

Caros amigos,

Uma das coisas que mais chamam a atenção do observador ignorante das estações na Europa, é a força com a qual a vida retoma seu curso na primavera. A relação com a Ressurreição de Nosso Senhor é evidente. O mestre não disse: “Eu sou a Ressurreição e a Vida?” Oito meses se passaram desde nossa chegada a Bellaigue. Nós temos assistido a uma discreta, mas verdadeira ressurreição dessa abadia, que esteve morta por mais de dois séculos. Mas a “Deus nada é impossível”: como Lázaro, a abadia esteve simplesmente adormecida. Sem dúvida que as centenas de monges que aqui nos precederam se alegram no Céu e intercedem poderosamente por nós.

São muitas as graças que nossa Fundação, filha do Mosteiro da Santa Cruz, tem recebido de Deus. Nós desejamos comunicá-las não somente aos nossos hóspedes, oblatos e famílias que se aproximam da abadia, mas também aos nossos amigos brasileiros, sempre lembrados em nossas orações. Realmente as almas consagradas formam que a boca da Igreja, que rende a Deus o tributo de adoração e de louvor que lhe é devido. Todas as suas ações, mesmo as mais simples, são como a repercussão da salmodia e dos hinos. Assim a vida do religioso torna-se toda inteira uma oração. cumprindo o preceito de nosso Redentor “cumpre sempre orar e nunca desfalecer.”

Que N. Sra. de Bellaigue vos cumule de todas as suas bênçãos.

D. Anjo, O.S.B.

 

Crônica

Outubro: 14. Grande festa em Vérac. Hoje é a tomada de hábito dos nossos irmãos Plácido e Bernardo-Pio, nossa partida para Bellaigue e chegada das irmãs do Oasis (Espanha). Como presente de adeus, os fiéis de Verác nos deram o sino que nos chama aos ofícios aqui em Bellaigue.

Novembro: 5. Primeira Missa na igreja abacial, com assistência de cerca de 200 pessoas. Os irmãos trabalham na fabricação de cidra, pois recebemos de herança milhares de maçãs!

Dezembro: 24. Vigília de Natal. Às 21:30 h, matinas solenes. Toda a igreja abacial foi iluminada com pequenas velas. Depois da missa, nós convidamos os fiéis para o tradicional chocolate na hospedaria.

Janeiro: 6. Epifania. Recebe o escapulário mais uma oblata, irmã Francisca Romana.

Janeiro: 25. Grande passeio ao santuário de N. Sra. do Trigo, pelas regiões dos Cambralhas.

Março: 21. N.P.S. Bento. Visita das alunas da escola N. Sra. da França.

Março: 23. A administrção dos Monumentos Históricos vem nos visitar. Estamos de acordo com relação aos trabalhos a fazer.

Abril: Hospedaria superlotada para a Semana Santa. Os ofícios foram integralmente cantados.

Abril: 21. Sábado “in albis”. Visita do R. Pe. Nely, do priorado de Marselha. Já tivemos a alegria de receber muitos padres, religiosos e religiosas amigos do mosteiro, que vêm sempre apoiar a nossa fundação.

Maio: 27. Domingo. O R. Pe. Nely prega nosso retiro anual, tendo por tema o espírito de S. Bento.

Junho: 10. Domingo da Ssma. Trindade. Oblatura do ir. Luís. Já temos uma dezena de oblatos.

Junho: 23. Tomada de hábito de nosso ir. Bento.

 

Sobre o Mosteiro

admin • 6 de fevereiro de 2012


Previous Post

Next Post

Translate »