Mosteiro da Santa Cruz

Mosteiro beneditino tradicional em Nova Friburgo/RJ

Suplemento português 11

 

SOLUÇÃO DIVINA

Ir ao céu em 20 quadradinhos – é pouco!

Todo católico que o recusa é louco!

Os últimos dois artigos destes “Comentários” concluíram que na confusão atual na Igreja Universal, que parte dos papas possuídos por ideais revolucionários, os católicos devem voltar-se a Deus, para Sua própria solução, porque Ele não pode abandonar as almas que não tenham primeiro O abandonado. Essa solução existe, não é complicada, é acessível a todos, garante a eterna salvação, e requer somente um pouco de fé, humildade e esforço. É a Devoção ao Doloroso e Imaculado Coração de Maria pela prática dos Cinco Primeiros Sábados, num espírito de reparação pelos insultos, blasfêmias e ultrajes cometidos contra a Mãe de Deus.

Por que reparação à Bem-aventurada Virgem Maria? Porque Deus, conhecendo desde a eternidade o quão perverso o mundo se tornaria em seu fim, deu à Sua Mãe, como São Luís Maria Grignion de Montfort previu no século XVIII, um papel material especial para desempenhar do levante da Revolução Francesa (1789) em diante. Através do século XIX, ela de fato foi capaz, como por exemplo em Lourdes, de atingir uma multidão de almas que o liberalismo e o cientificismo teriam, por outro lado, condenado. Mas no século XX muitas almas ainda estavam desdenhando de seu cuidado maternal. Assim, como Deus deu à Sua Igreja no século XVII a Devoção ao Seu Sagrado Coração, no século XX Ele deu a Devoção ao Coração Imaculado de Sua Mãe, com a advertência à humanidade de que esta seria Sua última dádiva antes do fim do mundo. E, considerando piores os insultos feitos à Sua Mãe que a Ele mesmo, então o desprezo dos homens pelos esforços especiais dela para salvá-los requereria uma reparação especial.

Ela mesma, de maio a outubro de 1917, em Fátima, Portugal, apresentou seu Coração como o remédio para as doenças da humanidade, que estavam para se tornar piores por causa do estouro da Revolução Russa, no mesmo mês. E, como o mundo se precipitou ladeira abaixo nos anos de 1920, até o ponto (os dias atuais) em que incontáveis católicos se mantêm presos à sua fé somente pelas pontas dos dedos, ela deu a cada alma um meio seguro e fácil de garantir sua salvação eterna, contanto que se desse a um pequeno trabalho, uma vez em sua vida, em nome dela: o de fazer reparação nos cinco primeiros sábados do mês, sucessivamente, pelos ultrajes cometidos contra 1) sua Imaculada Conceição; 2) sua Virgindade perpétua; 3) sua Maternidade universal e espiritual; 4) suas imagens e estátuas e 5) as pequenas crianças que são impedidas de chegar a Ela. (Vide abaixo um meio de ajuda para fazê-lo)

A oferta da bem-aventurança eternal em troca de um esforço relativamente pequeno é incrível, mas como o panfleto diz, faz sentido. Deus soube desde a eternidade de todo o caos que se fecha sobre nós agora que a Quinta Idade da Igreja está chegando ao seu fim. Estamos perdendo nossa saúde, nossas famílias, nossa liberdade, nossos países, nossos padres, nossos sacramentos, nossa Igreja, e, em breve, muito possivelmente nossas vidas. Nosso mundo está afundando num caos organizado pelos inimigos de Deus para exterminar Seus últimos vestígios. Tudo isso, é claro, Ele sabe, inclusive a crescente dificuldade, até aparentemente impossibilidade, de levar uma vida católica. Assim, Ele nos oferece a garantia de salvação se fizermos apenas um pequeno esforço para fazer reparação à Sua Mãe. Depois disso, poderíamos enlouquecer, ir à prisão, aproximarmos da morte, mesmo perder a fé, mas no momento mesmo de nossa morte temos a promessa de Deus de que Ela estaria lá com todas as graças necessárias para a salvação. Como pode um católico que crê não aceitar esta oferta? Há certamente sacerdotes em todas as partes da Igreja que farão o melhor para ajudar.

Mas o mínimo que podemos fazer, de nossa parte, é preencher exatamente o que o céu pede, notavelmente as cinco distintas intenções de reparação, e é aqui que o panfleto ajuda. Seja pedindo-o em grande quantidade, em papel, ao Fatima Center no Canadá, ou baixando-o, ele apresenta 20 quadradinhos para marcar, para a subida diagonal da tormenta moderna até a calma celestial. As crianças adoram marcar quadradinhos. Não faz mal para os adultos. Todos a bordo rumo ao céu!

Kyrie eleison.

Comentários Eleison – por Dom Williamson

CDLVI (456) – (9 de abril de 2016)

OS CINCO PRIMEIROS SÁBADOS

Primeiro sábado do primeiro mês

data:

intenção: reparação pelas blasfêmias contra a Imaculada Conceição.

Confissão

Comunhão

Terço

Meditação

Primeiro sábado do segundo mês

data:

intenção: reparação pelas blasfêmias contra a Virgindade perpétua de Maria.

Confissão

Comunhão

Terço

Meditação

Primeiro sábado do terceiro mês

data:

intenção: reparação pelas blasfêmias contra a Maternidade Divina e espiritual de Maria.

Confissão

Comunhão

Terço

Meditação

Primeiro sábado do quarto mês

data:

intenção: reparação pelas ofensas daqueles que ultrajam as sagradas imagens de Maria.

Confissão

Comunhão

Terço

Meditação

Primeiro sábado do quinto mês

data:

intenção: reparação pelas blasfêmias dos que procuram publicamente infundir, no coração das crianças, a indiferença, o desprezo e até o ódio para com nossa Imaculada Mãe.

Confissão

Comunhão

Terço

Meditação

Suplementos

admin • 22 de setembro de 2016


Previous Post

Next Post

Translate »