Mosteiro da Santa Cruz

Mosteiro beneditino tradicional em Nova Friburgo/RJ

VOZ DE FÁTIMA, VOZ DE DEUS Nº 8

Nº 8

25 de março de 2017

Vox túrturis audita est in terra nostra”

(Cant. II, 12)

Em Fátima Nossa Senhora falou da II Guerra Mundial. Para evitá-la, ela pediu a consagração da Rússia ao seu Imaculado Coração. E a Alemanha? Nossa Senhora não falou da Alemanha. Como falar da II Guerra Mundial sem falar da Alemanha?

O mal causado pela Rússia foi maior do que o mal causado pela Alemanha. O mal causado pela Alemanha é muito menor, comparado ao mal causado pela Rússia, durante e depois da II Guerra.

Muitos na França foram condenados à morte, sob acusação de colaboração com a Alemanha. Ora, até hoje os que colaboraram com a Rússia estão isentos de qualquer acusação. E no entanto, Nossa Senhora falou da Rússia e não falou da Alemanha. Grave erro da parte dos Aliados, que viram o erro do nazismo, que é real e que foi condenado por Pio XI, mas não viram o erro do comunismo, que é pior e que foi igualmente condenado por Pio XI como “intrinsecamente perverso”. As consequências foram que a Rússia espalhou seus erros pelo mundo inteiro, provocando guerras e perseguições contra a Igreja.

Enquanto o Papa não consagrar a Rússia ao Imaculado Coração e a Rússia não se converter, os livros de História continuarão a calar o erro dos Aliados ao colaborarem com o comunismo, com o qual, diz Pio XI, nenhuma espécie de colaboração é permitida.

Rezemos para que o Papa, com todos os Bispos, consagre a Rússia ao Imaculado Coração e que assim a Rússia se converta e o munda tenha um tempo de paz, paz que o mundo não tem e não terá enquanto o mundo não se submeter ao doce jugo do Cristo Rei.

+ Tomás de Aquino OSB

U.I.O.G.D

AtualidadesFátima

admin • 25 de março de 2017


Previous Post

Next Post

Translate »